Gettin' Over You
Deu saudade..

Eu achei que nunca mais ia escrever nada aqui. Não quis apagar esse tumblr por dó. Mas hoje eu entrei aqui e me deu uma vontade de escrever…Desde que tudo aconteceu eu não tive coragem de escrever mais nada nesse tumblr, porque ele é o mais especial. Nele tudo foi sincero. Aqui tudo o que eu não podia viver, tudo o que eu guardava dentro de mim eu colocava aqui… Desde aquele maldito dia, as coisas ficaram muito estranhas… Você me deixou no chão e depois esfregou na minha cara que tinha arrumado outro alguém. Inveja, ódio, indignação, raiva e a dor..Ah a dor…Ela foi e continua forte… Sentimento de perda, de que tudo podia ter sido diferente, de lembrar que aquela frase “quando chega ao fim, a gente lembra do começo”, é a mais pura verdade. Eu fico voltando no passado, lembrando de tudo o que você um dia já me disse, do seu sorriso, de te ver dormir, do seus abraços, do seu cheiro…Fico revivendo as lembranças e vendo aonde eu errei, pensando em que momento eu te perdi. Eu nunca imaginei que eu amaria e odiaria alguém com a mesma intensidade…Eu odeio no que eu me transformei por sua causa, odeio o que eu sinto por você, odeio pensar em você, odeio não conseguir tirar você de dentro de mim, odeio você por você ter despertado isso em mim e odeio você por ter me deixado ir…Eu quero destruir tudo o que eu sinto por você.

Você me mostrou o que é querer alguém por perto, o que é amar alguém…Mas ao mesmo tempo, não me deixou viver isso. Me mostrou o que é ser rejeitada, o que é sofrer, o que é ser usada, o que ser esnobada, me mostrou que não vale à pena amar alguém. Que todo o amor que você sente, pra você pode valer muito, mas pra outro, pode ser indiferente. Hoje, não te esqueci, penso em você todos os dias e me pergunto se isso não vai passar. Tomei e tomo porres. Bebi até perder a consciência por não querer mais lembrar de você. Tento te tirar da cabeça em todos os momentos. Te procuro em outros, mas sei que isso nunca vai acontecer. Não sei o que fazer…Hoje não te vejo mais e nem quero, pois sei que te ver será pior, pois vai doer. Vai doer te ver com ela…Porque era no lugar dela que eu mais desejava estar, o lugar que eu sempre desejei. Onde tem dois corações apaixonados, tem um terceiro que sofre. E isso pra mim já é demais.

Eu queria que você fosse embora da minha vida. Queria ter a mesma facilidade que você tem, a de esquecer, de não se importar. Queria retribuir o sentimento que você tem por mim. Isso tudo só me faz mal… Meu coração já ta ralado, arregassado, sem aguentar mais, sem querer mais sentir isso, sem conseguir se entregar pra outro. Mais uma vez choro e escrevo do jeito mais sincero, do mesmo jeito sincero que me entreguei pra você. Choro de raiva por ter deixado você entrar na minha vida, por você ter feito eu te amar desse jeito, por ter acabdo com a esperança, o desejo, a felicidade que eu tinha por gostar de você, por ter a certeza que você era o melhor cara do universo, por saber que isso ainda é verdade, por saber que isso sempre vai ficar dentro de mim e por saber que eu sempre vou ter essa mágoa dentro de mim.

Eu ainda espero, um dia poder vir aqui e dizer que FINALMENTE eu não amo mais você. E eu vou passar todos os dias fazendo isso, até eu conseguir.

Deus queira que esse mundo dê voltas e que eu consiga isso!

Me desculpe por ter tomado a iniciativa. Me desculpe por ter escrito. Me desculpe por ter ligado. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por ter dito sim. Me desculpe por ter gemido. Me desculpe por ter gozado. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe pelos machucados que sua ex deixou em você. Me desculpe por eu ter vindo logo atrás dela. Me desculpe por querer entender seu silêncio. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por eu não ter usado máscara. Me desculpe por desejar alguma intensidade. Me desculpe por desejar. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe pelo que foi ruim. Me desculpe pelo que foi bom. Me desculpe pelo atrevimento de supor que eu merecia o que de bom aconteceu. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por eu ter tirado a roupa. Me desculpe por eu ter mostrado meu corpo. Me desculpe por eu ter gostado de mostrar meu corpo. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por eu ter escrito coisas lindas para você. Me desculpe por você não ter entendido um terço do que eu escrevi. Me desculpe por você ter me achado ousada demais. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe por, em algum momento, eu ter te amado. Me desculpe por, em algum momento, eu ter te achado bonito. Me desculpe por, em algum momento, eu ter me achado bonita. Me desculpe por eu ter voz.

Me desculpe pelos seus erros de português. Me desculpe pelos erros de português da sua nova namorada. Me desculpe pela sua nova namorada. Me desculpe por eu ter voz.

Mas, sobretudo, me desculpe por pedir essas ridículas, inúteis e dolorosas desculpas. Que, naturalmente, não são para você, afinal, porcos não reconhecem pérolas.

Esquece tudo que aconteceu, esquece tudo que a gente passou, esquece quem eu sou… Esquece que por você eu chorei que por você eu sofri. Esquece que eu só quis o teu bem, mesmo que não fosse ao meu lado, mesmo que eu não fosse feliz. Esquece que eu tentei te proteger, que nos meus sonhos quem mais aparecia era você, e que o meu maior desejo, por incrível que pareça era te ter.

Esquece que eu já te fiz sorrir, que com você eu fui feliz, e que era por você que eu respirava. Esquece dos nossos beijos, esquece daqueles telefonemas, esquece que mesmo só de te ver meu coração disparava, que no seu olhar eu me perdia e que a sua boca eu desejava. Esquece do meu jeito, da minha postura, do meu humor. De tudo que um dia eu já te disse, e de tudo que eu nunca tive coragem de dizer. Esquece que no fundo eu tentei te fazer feliz, e tentei te amar mesmo sem você me amar. E que sem você a minha vida parece um mar sem peixes, um universo sem estrelas. Era você que brilhava pra mim, que com seu sorriso me encantava, e que fazia valer a pena viver. Esquece tudo isso que eu te digo pra esquecer. Mas agora lembra.

Lembra que eu já te deixei triste, que eu já te machuquei, apesar de só querer teu bem. Lembra que eu fui só mais uma pra você, que diferença alguma eu fiz na sua vida. Lembra que por mim talvez você nunca se apaixonou, talvez nem de mim gostou. Lembra que eu te conquistei. E agora esquece de novo. Esquece que você ta com outra . Esquece completamente de mim, de quem eu já fui na sua vida e nunca mais serei.

Esquece do meu rosto, dos meus olhos, do meu cabelo, do meu corpo perto do seu,da minha boca junta a sua. Esquece simplesmente quem eu sou, e que um dia eu já existi pra você. Mas se depois de tudo isso, se você ainda não quiser me esquecer então volta.

Volta pra mim, por que eu ainda não esqueci você e nem vou. Volta pois eu quero você e sempre vou querer.

Caso contrário, esquece…

O que significa amar verdadeiramente uma pessoa?
Querido John

O que significa amar verdadeiramente uma pessoa?

Querido John

Mas que seja bom o que vier, para você, para mim.
O que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta! E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser.

O que tem de ser, tem muita força. Ninguém precisa se assustar com a distância, os afastamentos que acontecem. Tudo volta! E voltam mais bonitas, mais maduras, voltam quando tem de voltar, voltam quando é pra ser.

Sabe que o meu gostar por você chegou a ser amor,
pois eu me comovia vendo você,
meu Deus…como você me doía!
De vez em quando eu vou ficar esperando você, então os meus braços não vão ser suficientes para abraçar você
e a minha voz vai querer dizer tanta, mas tanta coisa que eu vou ficar calada um tempo enorme…
só olhando você, sem dizer nada
só olhando e pensando:
Meu Deus, mas como você me dói de vez em quando!
Já estava com saudade das velhas amizades, hoje eu vou me embreagar.

Já estava com saudade das velhas amizades, hoje eu vou me embreagar.

Minha vontade agora é sumir. Chamar você. Me esconder. Ir até a sua casa e te beijar e dizer que te amo e que você é importante demais na minha vida para eu te abandonar. Sacudir você e dizer que você é um otário porque está me perdendo dessa maneira. Minha vontade é esquecer você. Apagar você da minha vida. Lembrar de você a cada manhã. Pensar em você para dormir melhor. Imaginar nossa vida juntos, naquela casa bonita com cachorros . Então eu percebo: Essa sou eu, e minhas vontades são bipolares demais. Só o que não é bipolar demais é a minha ganância por te ter. Sim, eu escolheria você. Se me dessem um último pedido, eu escolheria você. Se a vida acabasse hoje ou daqui mil anos, eu escolheria você.

Minha vontade agora é sumir. Chamar você. Me esconder. Ir até a sua casa e te beijar e dizer que te amo e que você é importante demais na minha vida para eu te abandonar. Sacudir você e dizer que você é um otário porque está me perdendo dessa maneira. Minha vontade é esquecer você. Apagar você da minha vida. Lembrar de você a cada manhã. Pensar em você para dormir melhor. Imaginar nossa vida juntos, naquela casa bonita com cachorros . Então eu percebo: Essa sou eu, e minhas vontades são bipolares demais. Só o que não é bipolar demais é a minha ganância por te ter. Sim, eu escolheria você. Se me dessem um último pedido, eu escolheria você. Se a vida acabasse hoje ou daqui mil anos, eu escolheria você.